O que sente um discurso presidencial? Uma análise em 3 partes. (Parte 2)

Continuando nossa análise sobre discursos presidenciais (veja aqui a primeira parte).

Anteriormente falamos sobre a complexidade da linguagem utilizada nos discursos e se apesar de duradouro eles são compreensíveis a um baixo nível de escolaridade. Foi possível perceber que nos últimos anos os discursos possuem um linguajar adequado para o entendimento da população.

Mas em meios a essas palavras, quais seriam os sentimentos transmitidos? Estariam os presidentes passando confiança, raiva, alegria? Suas palavras tendem mais para um lado positivo ou negativo?

Qual é o sentimento passado nos discursos?

Ao longo dos discursos diversas palavras podem transmitir sentimentos, sejam eles positivos (alegria, diversão, etc) ou negativos (raiva, tristeza, etc). Pensando nisso Bing Lui, da Universidade de Illinois em Chicago, desenvolveu um léxico para analisar sentimentos dentro de mídias sociais, discursos, livros entre outros.

Este sistema permite verificar conotações positivas e negativas dentro dos textos, possibilitando assim, um melhor entendimento sobre o que os textos e discursos tentam transmitir aos leitores/ouvintes na forma de sentimento. Projetos desse tipo podem ser encontrados por toda a internet, como por exemplo a análise de sentimentos dos livros da série Harry Potter.

Discursos com forte uso da confiança

Utilizando os discursos dos presidentes dos partidos Democratas e Republicanos é possível verificar um elevado número de palavras que remetam a sentimentos positivos, bem como um forte uso da confiança e antecipação. Pontos interessantes a serem percebidos é o baixo uso de expressões de surpresa e desgosto, este baixo uso de palavras nesse sentido mostra o trabalho em se posicionar como um Líder confiante e imparcial, de forma a transparecer compreendimento e segurança.

O uso de expressões de medo, tristeza e negativismo auxilia em momentos em que o país precisou se posicionar contra atos terroristas, guerras e ações existentes no momento, como será possível ver no próximo texto onde analisaremos as palavras mais usadas pelos presidentes.

Contagem de sentimento dos partidos.

Apesar de todos os pontos levantados acima, é possível perceber que os partidos seguem uma linha de sentimento parecida, havendo apenas uma pequena elevação em positivismo e confiança por parte dos Republicanos, mas nada significativamente relevante. Sendo assim apesar de posições partidárias diferentes o sentimentos são mútuos.

Análise dos últimos 3 presidentes:

Olhando mais afundo nos dados obtidos, filtrando para os três últimos presidentes, é possível ver alguns casos especiais. Contudo, é importante se atentar que por serem discursos de presidentes já em posse do cargo, existe uma diferença entre o número de vezes em que os mesmos foram realizados, aonde o atual presidente Donald Trump possuiu apenas 2 discursos realizados, enquanto seus antecessores realizaram 8 vezes.

Um dos casos especiais é a quantidade de palavras expressando medo vindas do ex-Presidente George W. Bush, fato esse que pode ter ocorrido pela Guerra ao Terror desenvolvida em seu mandato, assim como a raiva passada, enquanto isso seu sucessor Barack Obama, teve um acréscimo na antecipação, ao mesmo tempo em que diminuiu a raiva. Porém, vemos que caso o atual presidente Donald Trump, mantenha linearmente os sentimentos de seus discursos, os sentimentos raivosos tendem a seguir os mesmos de Bush.

Sentimentos utilizados nos discursos dos três últimos presidentes americanos

Na próxima etapa, analisaremos mais a fundo os discursos, buscando entender quais são os tópicos abordados, baseando-se em conjuntos de palavras e suas repetições.

Gostou da análise? Acredita que poderíamos testar outros tópicos? Converse conosco, estamos sempre abertos a melhorar cada vez mais.

Veja aqui a continuação dessa análise: Link

Ficou interessado sobre como analisar melhor seus textos ou dados? Converse conosco que podemos adequar nossas análises para seus problemas.

*Obs: Todas as análises foram realizadas por nós utilizando o software RStudio, com base nos dados do American Presidency Project.

Texto por: Ricardo Estevez

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: